pt | en

Exposição Ser Kalunga entra em cartaz na Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge

12/11/17 | A Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge (CCCJ) realiza no dia 15 de novembro, às 19h, a abertura da exposição fotográfica Ser Kalunga

Dona Procópia no XVII Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros | Foto: Ana Caroline de Lima 

A Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge (CCCJ) realiza no dia 15 de novembro, às 19h, a abertura oficial da exposição fotográfica Ser Kalunga, que retrata a participação da comunidade do Sítio Histórico Kalunga na história da CCCJ. A atividade terá a participação de lideranças femininas da comunidade. 

Nestes 20 anos de trabalho em prol das manifestações tradicionais dos povos do Brasil, a comunidade remanescente quilombola do Sítio Histórico Kalunga tem sido um dos principais grupos com o qual trabalhamos. Sua religiosidade e festas populares são sua marca registrada. Elementos importantes na composição da identidade deste povo e de nossa instituição.

As festas são a caracterização genuína da cultura popular, em que o sagrado e o profano se misturam. Mais do que comemoração religiosa, elas têm um papel social. É nelas que parentes se reencontram, crianças são batizadas, casamentos são celebrados e reivindicações são ouvidas por representantes políticos. Quando reunida, a nação Kalunga mostra ainda mais sua humildade, alegria e o valor de preservar as tradições. Esses momentos de encontro e celebração marcaram a história da Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge em muitos momentos, seja na apresentação do Império Kalunga, que ganha as ruas da Vila de São Jorge em ocasião do Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros, ou no dia-a-dia da casa no desenvolvimento de projetos diversos e trabalho de seus colaboradores provenientes da comunidade.

A exposição traz fotos de Alan Oju, Freddox Carvalho, Girlaydy Costa, Anísia Barros, Ion David, Ana Caroline de Lima, Débora Amorim e Tomaz de Aquino. A curadoria ficou por conta do fotógrafo, produtor cultural e engenheiro, Wagner Araújo. Com mais de 30 anos de carreira, Wagner já realizou as exposições Cerrado brasileiro, uma fonte de vida, em Sydney, Austrália, a convite do Itamaraty; Goiás de Coralina, na cidade de Goiás; Cenas Médicas, a convite da AMIL, em Goiânia; e Criadores do Céu de Anil, em Guarulhos, São Paulo.  Suas fotos estão presentes em livros regionais e nacionais de fotografia, como o Cidades Patrimônio da Humanidade, da UNESCO, e no Anuário Turístico de Goiás. É fundador e coordenador da WA IMAGEM - Fotografia e Produção Cultural, fundada há 25 anos.

Esta exposição faz parte do projeto “Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge: 20 anos de valorização das culturas tradicionais da Chapada dos Veadeiros”, contemplado no Edital de Fomento à Dinamização de Espaços Culturais, do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás 2016, SEDUCE e Governo de Goiás.

O projeto é composto por exposições fotográficas e vivências culturais com as quatro comunidades tradicionais da Chapada dos Veadeiros que deram início à instituição: a Comunidade do Sítio Histórico Kalunga; a Caçada da Rainha de Colinas do Sul; o Congo de Niquelândia; e a Catira de São João d’Aliança. A exposição Ser Kalunga é a primeira a ser realizada e vai até janeiro de 2018.

Serviço - Exposição Ser Kalunga
Local: Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge - Vila de São Jorge (Chapada dos Veadeiros)
Data: 1º de novembro a 31 de dezembro de 2017
Horário: segunda-feira, das 9h às 13h; de quinta a domingo, das 14h às 21h.

Agenda

Programe-se para os próximos eventos
na Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge


A Vila de Sao Jorge

Conheça a história da Vila criada por ex-garimpeiros de cristais
Faça parte da nossa comunidade e ajude a preservar as belezas da Vila
Veja a rota de carro a partir de Brasília até a Vila de São Jorge

Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge
Rua 4, quadra 4, lote 19, Vila de São Jorge, Alto Paraíso - GO
Telefone: 62 3455 1077 - contato@cavaleirodejorge.com.br

2005 - 2017 Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge. Alguns direitos reservados.
Ao compartilhar, cite a fonte.