pt | en

Cašada da Rainha - Colinas do Sul e distrito de Capela (GO)

As comunidades de Colinas do Sul e do distrito de Capela são responsáveis pela Caçada da Rainha, festa ritualística que traz ritmos populares como o batuque e o lundu. Este último é considerado o ritmo ancestral da música brasileira, do qual descende o fado. A tradição começou em Colinas em 1954, trazida de Lajes por Herculana da Silva Coelho, a primeira rainha do festejo na cidade.

Todos os anos, a comunidade local prepara a cidade para receber os foliões na primeira quinzena de julho. São 11 dias de folia a cavalo, três para o batuque da rainha, um para a caçada da monarca, precedido pelo dia do imperador e, por fim, pelo do rei. Durante esse período, duas folias giram pelas fazendas nos arredores da região – uma dedicada ao Espírito Santo e outra à Nossa Senhora do Rosário.

A peregrinação passa de casa em casa oferecendo serviços religiosos: benção da bandeira acompanhada do sapateado e das palmas da catira e da curraleira. Os foliões fazem as visitas acompanhados de um personagem que representa o alferes e faz gestos em forma de cruz com a bandeira. Eles entram, cantam, dançam, tocam pandeiros, tambores e violas em louvor aos santos, diante do altar montado pelo anfitrião, que retribui com comida, bebida e hospedagem.

Embora os integrantes da comunidade tenham raízes africanas, descendentes de escravos da época do garimpo de ouro, as folias são festas populares e religiosas herdadas da colonização portuguesa. Elas foram estabelecidas nas primeiras décadas do século 14 pela Rainha D. Isabel, casada com o Rei D. Diniz de Portugal.

Agenda

Programe-se para os próximos eventos
na Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge


A Vila de Sao Jorge

Conheça a história da Vila criada por ex-garimpeiros de cristais
Faça parte da nossa comunidade e ajude a preservar as belezas da Vila
Veja a rota de carro a partir de Brasília até a Vila de São Jorge

Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge
Rua 4, quadra 4, lote 19, Vila de São Jorge, Alto Paraíso - GO
Telefone: 62 3455 1077 - contato@cavaleirodejorge.com.br

2005 - 2017 Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge. Alguns direitos reservados.
Ao compartilhar, cite a fonte.